Bagual véio

gaucho-chimarrao

Vamos se chegando gauchada
Que no rancho do Madrugão tem muita hospitalidade
Canha da pura, churrasco e chimarrão
E o bagual véio vai passando de mão em mão

Nasci na campanha,
Indio guapo barbaridade
Mas, ter respeito pelos amigos é minha maior qualidade
Sou grosso, sou xucro,
Mas sei conservar a amizade
E um dia nesse rincão vou deixar saudade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>