Jacaré-do-pantanal

Posted by:  :  Category: Jacarés

O jacaré-do-pantanal (Caimam crocodilus yacare) alimenta-se de peixes e outros vertebrados aquáticos, e também de invertebrados como caramujos e insetos. Pode atingir até 3 metros.

Saiba mais sobre um grande patrimônio ecológico – o Pantanal. Ele é um ecossistema habitado por inúmeras espécies de mamíferos, répteis, aves e peixes, tem uma vegetação exuberante e é traduzido em movimento de formas, cores e sons, sendo um dos mais belos espetáculos da Terra. A fauna é bastante rica e diversificada.

Dentre o gigantesco número de espécies que habitam este ecossistema, destaca-se o jacaré-do-pantanal (Caimam crocodilus yacare). Ele vive desde o norte da Argentina até o sul da bacia Amazônica, mas ocorre principalmente no Pantanal.

Este réptil alimenta-se de peixes e outros vertebrados aquáticos, e também de invertebrados como caramujos e insetos. Pode atingir até 3 metros. Nidifica (põe ovos) construindo um ninho com folhas e fragmentos de plantas, nas bordas de capões de cerradão e mata, ou sobre tapetes de vegetação flutuantes. Desovam de 20 a 30 ovos em uma câmara no interior do ninho. O período de nidificação coincide com as enchentes (janeiro a março).

Os jacarés são ecologicamente importantes porque fazem o controle biológico de outras espécies animais ao se alimentarem daqueles indivíduos mais fracos, velhos e doentes, que não conseguem escapar de seu ataque. Também controlam a população de insetos e dos gastrópodos (caramujos) transmissores de doenças como a esquistossomose (barriga-d’água). Suas fezes servem de alimento a peixes e a outros seres vivos aquáticos.

Fica bem claro que esta espécie interage de uma forma intensa com todo o meio e qualquer degradação que haja pode causar um desequilíbrio, muitas vezes irreversível no ambiente e à espécie.

Vale lembrar que o jacaré – do -pantanal já esteve quase extinto e que, com uma campanha efetiva de proteção (campanhas e educação ambiental), a situação pode ser revertida. Hoje a população de jacarés é normal e todo o meio está equilibrado.

Fonte: www.ambientebrasil.com.br


?>